domingo, julho 31, 2005

Barreira de Corais da Austrália

Já amaginas-te tamanha beleza? Uma fileira de Corais que se estende por milhares de Kilometros, e que somente pode ser vista por completo por um astronauta no espaço?
A barreira de corais da Austrália tem 2.200 kilometros de extenção. No entanto, existem muitos factores que podem prejudicar os corais, nomeadamente a temperatura da água e também o PH a Salinidade e também a falta de informação aos turistas de como preservar os corais.
As pessoas destroem a vida marinha andando por cima dos corais, largando as âncoras, destruição intencional para recordação, ou afundando os barcos. A colheita de coral é ilegal. No entanto, é legalmente importada conduzindo à devastação do ecossistema.
A Grande Barreira de Corais da Austrália fica inteiramente no estado de Queensland, e adquire vários nomes de acordo com a sessão. Por exemplo: Capricorn Session, que obviamente fica na altura do Trópico de Capricórnio, North Session em frente de Cairns e Port Douglas, e Whitsunday Session em frente as ilhas Whitsundays, e assim por toda a extensão. A Barreira forma também muitas ilhas, sendo que uma boa parte delas, hoje abriga resorts maravilhosos ou são completamente desertas. É possível acampar em alguma delas com autorização do departamento de Conservação mas é preciso levar tudo o que for usar, principalmente água, comida e protetor solar. Note que muitas dessas sessões são consideradas Parques Nacionais Marinhos, e nada pode ser recolhido a não ser fotos.
Mais informações em:
Galápagos - Mapa

Galápagos - Ave

Galápagos - Ave
Galápagos - Pelicano

Galapagos - Carangueijo
Galápagos - Leão Marinho

Galápagos - Iguana

Galápagos - Tartaruga Gigante

Galápagos

Galápagos

Galápagos

Galápagos, foi o arquipélago onde Charles Darwin começou a desenvolver a Teoria da Evolução. Este arquipélago é também conhecido pelas tartarugas gigantes, as iguanas-marinhas e pela sua beleza selvagem.
Galápagos é a segunda maior reserva marinha do mundo, atrás apenas da Barreira de Corais Australiana.
Tomás de Berlanga, bispo do Panamá, descobriu, em 1535, o arquipélago numa viagem do Panamá para o Peru, quando o seu navio ficou à deriva. O bispo denominou o arquipélago de “Las Encantadas”.
As ilhas Galápagos emergiram há cinco milhões de anos, como resultado de erupções vulcânicas submarinas. Podendo-se comprovar pelo facto de ainda haver muitos vulcões ativos no local.
Galápagos fica localizado no Oceano Pacífico, a 1.000 Km da costa do Equador. São um célebre grupo de 58 ilhas, das quais apenas 4 são habitadas.
As principais ilhas designam-se: Ilha de San Cristobal; Ilha de Isabella; Ilha de Santa Cruz; Ilha de Santa Maria; Ilha de Espanola; Ilha Seyour; Ilha de Santa Fé.
As ilhas Galápagos têm um clima sub-tropical com duas estações: a estação da chuva e a estação seca. As correntes do oceano são largamente responsáveis pelo clima das ilhas.
A época das chuvas começa em Novembro prolongando-se até Junho. A temperatura da água chega a atingir 24º C, ocasionalmente ocorrem tempestades tropicais.
Março e Abril são geralmente considerados os melhores meses para visitar as ilhas. Quando o clima está ameno, os ventos sopram levemente, o mar está calmo, e os pássaros estão a fazer os ninhos.
Para mais informações não deixem de visitar:

sábado, julho 30, 2005

Mapa dos Açores

Açores - S. Miguel (Lagoa das 7 cidades)

Azores - Angra do Heroismo
Azores - Mergulho

Açores - Peixes a observar

Açores - Portugal

Açores

Açores

Não me canso de fazer pesquisa sobre os Açores.
Os Açores, oficialmente designada por Região Autónoma dos Açores, pertencem ao território da República Portuguesa, encontram-se localizadas no Atlântico nordeste. O arquipélago dos Açores é constituído por nove ilhas principais que se encontram divididas em três grupos: o grupo ocidental (Corvo e flores); o grupo central (Faial, Graciosa, Pico, São Jorge e Terceira) e, por último o grupo oriental (Santa Maria e São Miguel).
O Grupo Oriental inclui também um grupo de rochedos e recifes oceânicos, localizados a nordeste de Santa Maria, denominado ilhéus das Formigas, ou simplesmente Formigas.
O ponto mais alto do arquipélago encontra-se na ilha do Pico com uma altitude de 2 352 m.
No que concerne ao clima, este é temperado, registando-se temperaturas médias de 13º C no Inverno e 24º C no Verão.
A origem vulcânica dos Açores tem a sua expressão máxima na ilha de São Miguel, no famoso Vale das Furnas e teve a sua mais recente actividade terrestre no Vulcão dos Capelinhos, na ilha do Faial, em 1957-1958. No mar, a última erupção verificou-se ao largo da Serreta (ilha Terceira) em 1998-2000. S. Miguel é a maior ilha dos Açores e a mais populosa. A ilha apresenta uma paisagem verde com vegetação luxuriante e várias lagoas líndissimas. A mais famosa á a Lagoa das 7 Cidades. Outras lagoas importantes são a Lagoa do Fogo e a Lagoa das Furnas. Na vila das Furnas a água brota da terra em ebulição.
Terceira é a segunda ilha mais populosa dos Açores. Angra do Heroísmo é a única cidade, classificada de Património da Humanidade pela UNESCO.
A Ilha do Pico é um paraíso no meio do atlântico, uma verdadeira joia biológica e geológica. As águas são de um azul intenso, a transparência verdadeiramente incrível e a temperatura amena. A abundância de peixe provocará o delírio entre os mergulhadores. Neste contexto poderá encontrar os Ilhéus da Madalena ( reserva natural que dista sensivelmente 1 milha do porto da Vila da Madalena ). Entre as zonas de mergulho destacam-se: Baixa do canal; Cais do mourato; Cachorro; Cabrito; São Mateus; São Caetano; Calheta e Meia broa.
O Faial está mesmo em frente ao Pico. A sua cidade é a Horta onde se situa o Parlamento Regional. Nesta cidade está a Marina mais importante dos Açores e talvez uma das mais importantes do Atlântico. Aqui param quase todos os barcos de recreio que atravessam o Oceano, da América do Norte para a Europa.
São Jorge é uma ilha do grupo central cuja principal característica é ser muito longa e estreita. É uma ilha muito acidentada com encostas imponentes sobre o mar. É a ilha do arquipélago onde as fajãs são mais notáveis e numerosas. Fajãs são formações geológicas que resultam da queda de parte das encostas, ao longo de milhões de anos, criando uma plataforma onde por vezes nasceram pequenas povoações. Velas e Calheta são as duas vilas da ilha, ambas na parte sul da ilha.
Graciosa é a ilha mais pequena do Grupo Central. A sua capital é a vila de Santa Cruz da Graciosa. No centro da ilha situa-se a Caldeira, que é uma caverna com 80 m de altura com um lago subterrâneo.
Nos mergulhos que efectuar nas águas Açorianas poderá observar as seguintes espécies de peixes: Mero, Garoupa, Moreia, Raia, Sargo, Bodião, Abrótea, Veja, Írio, Incharéu, Anchova, Bicuda, Patruça, Salema.
As ribeiras da Ilha de São Miguel constituem excelentes cenários para os amantes do canyoning, onde a água se precipita rumo ao seu incontornável destino, o oceano.
Quem vai aos açores não pode deixar de fazer uma visista às baleias. Cachalote; Baleia é denominado o "Rei" do mar dos Açores, sendo a baleia mais observada no arquipélago. Pode chegar a atingir um máximo de 20 m e um peso de 70 toneladas.
A Baleia Boreal; Finbeque; Baleia Sardinheira pode atingir um tamanho máximo de 17 a 20 m, sendo o tamanho médio de 14 a 16 m. Esta baleia tem uma longevidade próxima dos 70 anos. A baleia sardinheira é muito veloz podendo atingir a velocidade de 30 nós.
A Baleia Azul é o maior dos maiores animais existentes no planeta Terra, medindo em média 24 a 26m. A baleia azul é frequentemente vista nos mares dos Açores, mas ao contrário de outras baleias passa mais ao largo da costa do Pico, sendo frequentemente observada pelos atuneiros.
Peixe-boi; Baleia piloto é um dos cetáceos mais observados nos Açores.
Negro; Falsa Orca; Orca Bastarda tem uma característica interessante para os Turista, que é a de brincar à proa das embarcações proporcionando momentos únicos.
O clima nos Açores é imprevisível. Diz-se que numa ilha podem acontecer as 4 estações do ano no mesmo dia. são sempre no Verão as maiores probabilidades de não chover. A temperatura é sempre amena mesmo no Inverno. No Verão torna-se por vezes desagradável o calor com a humidade mesmo sem as temperaturas serem elevadas, pois nunca são. A água do mar é em geral agradável, mais quente que nas praias do continente, e de uma translucidez inesquecível.
Para mais informações visitem:

sexta-feira, julho 29, 2005

Madeira

Madeira

Madeira

Madeira

Madeira

Madeira Posted by Picasa

Madeira...

Já passou algum tempo desde a última actualização do Cocotaxi.
Quero agradecer ao Gonçalo e à Nélia as fotos que me enviaram da ilha Madeira. São lindissímas... Obrigado pela vossa contribuição nesta viagem pelo mundo!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...