domingo, maio 22, 2005

Tamariz - Praias de Portugal Posted by Hello

Afife - Praias de Portugal Posted by Hello

Ínsua - Praias de Portugal Posted by Hello

Apúlia - Praias de Portugal Posted by Hello

Moledo - Portugal

Vila Praia de Âncora - Portugal

Vai um roteiro pelas Praias Portuguesas?

Pois é, está a chegar mais um verão! Por este motivo dediquei-me a fazer uma pesquisa das praias poruguesas!
Se tiveres paciência aqui vai a lista das praias portuguesas:
Norte
Concelho de Caminha: Moledo e Vila Praia de Âncora Concelho de Macedo de Cavaleiros: Albufeira do Azibo (fluvial) Concelho de Viana do Castelo: Afife, Arda, Paçô, Carreço, Ínsua, Norte, Cabedelo, Amorosa e Castelo de Neiva Concelho de Esposende: Suave Mar, Cepães, Ofir e Apúlia Concelho de Matosinhos: Pedras do Corgo Concelho de Vila Nova de Gaia: Canide Norte, Canide Sul, Salgueiros, Madalena Norte, Madalena Sul, Francelos, Sãozinha, Senhor da Pedra, Mar e Sol, Dunas Mar, Aguda, Valadares Norte e Granja Concelho de Espinho: Frente Azul e Baía
Centro
Concelho de Ovar: Esmoriz, Cortegaça, Furadouro Concelho de Ílhavo: Barra e Costa Nova Concelho de Vagos: Vagueira Concelho de Mira: Mira Concelho de Cantanhede: Tocha Concelho da Figueira da Foz: Quiaios, Relógio, Cova Gala, Costa de Lavos e Leirosa Concelho de Pombal: Osso da Baleia
Lisboa e Vale do Tejo
Concelho de Alcobaça: Água de Madeiros, Pedra do Ouro e Légua Concelho da Nazaré: Nazaré Concelho de Caldas da Rainha: Foz do Arelho-Mar Concelho de Peniche: Baleal Norte, Baleal Sul, Cova de Alfarroba, Gambôa, Medão-Supertubos, Consolação e São Bernardino Concelho da Lourinhã: Porto Dinheiro e Vale Mitão Concelho de Torres Vedras: Santa Rita Norte, Santa Rita Sul, Navio, Mirante-Santa Cruz, Pisão-Santa Cruz, Física-Santa Cruz, Centro- Santa Cruz, Formosa e Azul Concelho de Mafra: Calada, São Lourenço, Ribeira de Ilhas e Foz do Lizandro Concelho de Sintra: São Julião, Maças, Grande e Adraga Concelho de Cascais: Grande Guincho, Moitas, Tamariz, Poça, S. Pedro do Estoril e Carcavelos Concelho de Almada: Mata (Terras da Costa Sul), Rainha, Castelo (Acácias 1), Cabana do Pescador, Rei (Acácias do Sul) e Acácias Concelho de Sesimbra: Moinho de Baixo e Ouro
Alentejo
Concelho de Gavião: Quinta do Alamal Concelho de Grândola: Atlântica, Tróia-Mar, Aberta-Nova, Comporta, Carvalhal, Pego Concelho de Santiago do Cacém: Costa de Santo André e Fonte do Cortiço Concelho de Sines: Morgavel, Vale de Figueiros (vieirinha), Grande de Porto Côvo e Ilha do Pessegueiro
Algarve
Concelho de Aljezur: Odeceixe-Mar, Monte Clérigo e Arrifana Concelho de Vila do Bispo: Cordoama, Castelejo, Mareta, Martinhal, Zavial e Salema Concelho de Lagos: Luz, Porto de Mós e Meia Praia Concelho de Portimão: Alvor, Três Irmãos, Vau, Três Castelos e Rocha Concelho de Albufeira: Galé-Leste, Manuel Lourenço, Evaristo, São Rafael, Aveiros, Oura, Sta. Eulália, Maria Luísa, Olhos de Água, Belharucas, Falésia, Rocha Baixinha Leste e Rocha Baixinha Oeste Concelho de Loulé: Vilamoura, Quarteira, Duna, Garrão, Ancão, Quinta do Lago e Vale de Lobo Concelho de Faro: Faro-Mar, Barreta e Ilha do Farol-Mar Concelho de Tavira: Barril, Ilha de Tavira-Mar e Cabanas-Mar Concelho de Vila Real de Sto. António: Manta Rota e Monte Gordo Concelho de Castro Marim: Alagoa - Altura, Praia Verde e Retur
Madeira
Concelho do Funchal: Praia Nova, Areeiro, Formosa (Funchal), Poça do Gomes - Doca do Cavacas, Ponta Gorda - Poças do Governador, Clube Naval do Funchal, Lido - Complexo Balnear e Barreirinha Concelho de Santa Cruz: Galo Mar e Palmeiras Concelho de Santana: Ribeira do Faial Concelho de Porto Moniz: Laje e Porto Moniz Concelho de Porto Santo: Fontinha
Açores
Terceira: Concelho de Angra do Heroísmo: Salga, Silveira, Cinco Ribeiras, Negrito e Prainha (Angra) Concelho de Praia da Vitória: Porto Martins, Grande, Escaleiras, Quatro Ribeiras, Biscoitos e Prainha Faial Concelho de Horta: Varadouro e Almoxarife S.Miguel: Concelho de Lagoa: Porto da Caloura e Zona Balnear da Lagoa Concelho de Ponta Delgada: Pópulo e Milícias Concelho de Povoação: Ribeira Quente Concelho de Ribeira Grande: Porto Formoso Concelho de Vila do Franca do Campo: Prainha de Água D´Alto, Corpo Santo e Água D´Alto Santa Maria: Concelho de Vila do Porto: Formosa (vila do Porto), Maia e Anjos
Para mais detalhes visita http://www.praias.publico.pt/

Benidorm - Espanha

Benidorm? Não, obrigado...

Foi em Setembro de 2003 que tive oportunidade de conhecer a Meca dos estudantes portugueses. Após a insistência de 4 amigos meus , lá me decidi a aceitar o convite e a passar uma semana nesta tão famosa estância balnear do país vizinho. Depois de uma viagem bastante estafante feita de carrinha , e sempre sob um sol abrasador e com alguns precalços pelo caminho, como foi termos ficado a pé na auto-estrada a 50 Kms de Madrid e termos feito 10 Km a pé para irmos arranjar gasóleo lá chegamos a Benidorm, que foi um local que não nos deixou muito encantados.
É uma cidade feia, de grandes prédios e, quase todos eles são hotéis das grandes cadeias espanholas. É um turismo de massas , um pouco à semelhança do nosso Algarve e onde tudo está virado para os turistas ingleses e para as suas apetecíveis libras. A cidade tem pouco para ver, ou mesmo nada e a excepção são uns parques temáticos nos arredores, no qual tenho que destacar o famoso Terra Mítica. Na cidade propriamente dita não há nada para visitar, nem museus, nem monumentos, nada de nada e para quem, como eu, que não simpatiza muito com as praias a única opção que restava durante o dia, era ficar no hotel e desfrutar da piscina. Quanto à noite, a cidade é animada de facto, mas achei que a noite terminava muito cedo e que toda ela, tal como tudo aqui em Benidorm, estava demasiadamente centrada no turismo inglês, e em qualquer bar que entrassemos era tudo em inglês, cómicos ingleses, músicos ingleses, e muita, mas mesmo muita cerveja consumida pelos ingleses. Mais parecia que não estavámos em Benidorm, mas sim em Gilbraltar.
A única coisa que me despertou algum interesse, foi na marginal da praia, verdadeiras obras de arte, que eram enormes esculturas feitas de areia. Eram ás dezenas, todas elas de enorme perfeição e originalidade. Os escultores, eram normalmente estrangeiros, que passavam 24 horas do dia junto das esculturas, de dia, trabalhando nelas, à noite dormindo junto a elas, e assim, evitando que algúem com um copito a mais as vandalizasse.
Quanto ao resto, não trouxe grandes recordações é um destino que não aconselho...
Pedro A.

Reserva Natural do Paúl do Boquilobo

Reserva Natural do Paúl do Boquilobo

Reserva Natural do Paul de Boquilobo

A reserva natural do Paul de Boquilobo fica situada perto da confluência do Rio almonda com o Rio Tejo. Mais precisamente entre os concelhos de Torres Novas e Golegã na parte sudeste da freguesia da Brogueira.
Esta reserva natural, todos os anos, junta uma distinta fauna avícola. Entre a europa do norte e as terras africanas, as aves escolhem a reserva natural do Paul de Boquilobo para repousar.
As actividades nesta reserva passam por observação de aves e percursos pedestres.
A fauna do Paul de Boquilobo serve de habitat às garças-brancas pequenas, às garças-boeiras, e os raríssimos papa-ratos e gorazes que se escondem nas muitas valas existentes. Para além de poder observar estas espécies o visitante pode ainda ver outras como, o colhereiro, a gaivina-dos-pauis ou os patos (zarro, marrequinha, pato-real), que aparecem sobretudo no Inverno, o arrabio, o pato-trompeteiro ou a rara águia-pesqueira.
No que concerne à flora, é uma óptima zona para fazer percursos a pé. Quem tiver a oportunidade de visitar esta reserva natural pode sentir a frescura existente e contemplar a beleza das raras espécies de vegetação como por exemplo, o carvalho-português, salgueiros ou caniçais, bunhais, golfões-brancos, lírios-amarelos-dos-pântanos ou nenúfares.
Sem dúvida um lugar lindíssimo e em português!

sábado, maio 21, 2005

Convite

Olá, tens espírito de aventura? Gostas de viajar? Se quiseres ver o teu artigo e/ou fotos publicado neste blog escreve e envia para liliana-vidal@iol.pt e logo verás publicada a tua aventura! Participa e ajuda o Blog Cocotaxi a crescer! Liliana Vidal

Lisboa - Portugal

Lisboa - Portugal

Sintra - Portugal

Sintra - Portugal

Algarve - Portugal

Alentejo - Portugal

Alentejo - Portugal

Alentejo - Portugal

Nazaré - Portugal

Leiria - Portugal

Coimbra - Portugal

Braga - Portugal

Aveiro - Portugal

Porto - Portugal

Madeira - Portugal

Madeira - Portugal

Açores - Portugal

Açores - Portugal

Tailândia (Phi Phi Island antes do Tsunami) - É um lugar destes que eu sonho visitar! Lindo não é? Obrigado Hugo Cruz por me ter enviado fotos lindíssimas. Visitem www.hugo.cyborgas.org

Posted by Hello

domingo, maio 08, 2005

Viagem pela América Latina - 1953

Hasta la vitória, Che!

Quem já esteve em Cuba, não pôde deixar de ficar indiferente aos ídolos daquele país! Não, não vou falar de Fidel Castro e dos seus longos discursos sobre solidariedade. Quero apenas aqui deixar uma mensagem, aos que visitaram Cuba, e que foram constantemente assediados por uma figura com barba sem nada saber sobre ela.
Então de uma forma breve e simplista, Che Guevara nasceu no dia 14 de junho de 1928 na cidade de Rosário, Argentina. Desde pequeno que sofre de ataques de asma.
Em 1945 mudou-se com a família para Buenos Aires onde se matriculou na Faculdade de Medicina da Universidade de Buenos Aires.
Durante 1952, realiza uma longa jornada pela América Latina, junto com seu amigo Alberto Granado, percorrendo o sul da Argentina, o Chile, o Perú, a Colômbia e a Venezuela. O meio de transporte? La Poderosa, uma velha moto Norton 500cc.
Durante a viagem analisaram com um olhar crítico tudo o que observaram. Ernesto regressa depois à capital de Argentina decidido a terminar o curso e no dia 12 de julho de 1953 recebe o título de médico.
Foi então que, numa segunda viagem pela América Latina ao visitar as minas de cobre, as povoações indígenas e os leprosos, "Che" (alcunha pelo seu sotaque argentino) demonstra o seu profundo humanismo. É aqui que começa a surgir um revolucionário e um anti-imperialista. Em Guatemala conhece Hilda Gadea, com quem se casa e de cuja união nasce a sua primeira filha, Hilda Beatriz, nasceu na cidade do México a 15 de Fevereiro de 1956.
Em 1954, viaja com destino ao México onde se une a Fidel Castro, líder dos revolucionários cubanos. O objectivo? Acabar com as injustiças sociais na América Latina!
No final dos anos 50, Che acompanha os guerrelheiros cubanos, primeiro como médico e depois como líder do exército revolucionário e em Dezembro de 1958, o regime do ditador Fulgencio Batista é desmantelado.
Após a vitória da revolução, Che é o "braço direito" de Fidel Castro na constituição de um novo governo. É nomeado Ministro da Indústria e posteriormente Presidente do Banco Nacional.
Em 1959 casa-se, uma segunda vez, com Aleida March de la Torre, com quem teve mais quatro filhos.
Che Guevara esteve ainda em vários países africanos, principalmente no Congo. Foi aí que lutou junto com os revolucionários antibelgas, levando consigo um exército de 120 cubanos. Depois de muitas batalhas, terminaram derrotados. Foi no outono de 1965 que Che pediu a Fidel Castro que retirasse a ajuda cubana.
A partir desse momento o Revolucionário argentino deixou de aparecer em actividades públicas. No entanto, em 1966 junto de Fidel, prepara uma missão em Bolívia, assumindo a posição de líder dos mineiros e camponeses. Contudo, essa missão foi um fracasso, pois resultou na sua captura e morte em 9 de Outubro de 1967.
Em 1997 seus restos mortais foram descobertos numa vala comum na cidade de Vallegrande, a uma distância de 50 Km onde foi assassinado. O seu esqueleto estava sem mãos, e segundo é divulgado em relatos não oficiais, teriam sido amputadas para o reconhecimento de sua identidade logo após a sua execução. Os restos mortais do revolucionário foram transferidos para Cuba. No dia 17 de Outubro de 1997 são enterrados com homenagem de Estado na presença de membros da sua família e do líder cubano e antigo companheiro de revolução Fidel Castro.
A imagem do Che é conhecida por toda a América Latina. No local onde foi assassinado ergue-se uma estátua em sua homenagem. Os restos do Che encontram-se no mausoléu da Praça Ernesto Che Guevara em Santa Clara, Cuba. Frases de Che:
"Nasci na Argentina; não é um segredo para ninguém. Sou cubano e também sou argentino e, se não se ofendem as ilustríssimas senhorias da América Latina, me sinto tão patriota da América Latina, de qualquer país da América Latina, que no momento em que fosse necessário, estaria disposto a entregar a minha vida pela libertação de qualquer um dos países da América Latina, sem pedir nada para ninguém, sem exigir nada, sem explorar ninguém." (11 de Dezembro de 1964).
"O verdadeiro Revolucionário é guiado por grandes sentimentos de amor."
"Os poderosos podem matar uma, duas ou até três rosas, mas jamais poderão deter a primavera.”
"E fui confrontado com o dilema de me dedicar à medicina ou ao meu dever como um soldado revolucionário. Tinha à minha frente uma mochila cheia de medicamentos e uma pasta com munições, as duas eram demasiado pesadas para carregar juntas. Peguei nas munições e deixei a mochila para trás."
"Hasta la Vitória siempre!"
Ao povo cubano, que mesmo depois de alcançada a liberdade, nunca deixaram de acreditar num mundo melhor!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...