terça-feira, outubro 02, 2007

Malta

Malta é um pequeno arquipélago do Mediterrâneo, constituído por quatro ilhas, das quais só as três maiores (Malta, Gozo e Comino) são habitadas. O terreno é pouco acidentado e rochoso, com um litoral de falésias.
Com 360 mil habitantes, Malta é o país menos populoso da União Européia. Ao contrário de outros novos membros, a pequena ilha do Mediterrâneo não teve que realizar grandes mudanças em sua estrutura política e econômica a fim de ser aceita no bloco. O mais recente relatório do bloco afirma porém que o governo local precisa tomar mais medidas para melhorar a igualdade entre os sexos. Malta, país situado no coração do Mediterrâneo, é um espaço de convergência de várias civilizações, com uma história milenar. O seu território é habitado desde cerca de 5200 a.C., tendo existido nas ilhas uma importante civilização pré-histórica anterior à chegada dos Fenícios, que deram à ilha principal o nome de Malat, que significa “porto seguro”. Durante alguns séculos, as ilhas foram sede da Ordem dos Cavaleiros de São João do Hospital e, durante algum tempo, fizeram parte do Império Britânico, tendo acedido à independência em 1964.
O Governo maltês é presidido pelo líder do partido que disponha de uma maioria de deputados na Câmara dos Representantes ou, em maltês, Kamra tar-Rappreżentanti.
A língua nacional é o maltês, mas a língua inglesa é considerada língua oficial, sendo a língua italiana também falada por muitos malteses. O turismo é uma actividade económica importante em Malta, mas observa-se igualmente um crescimento do sector dos serviços. Na cozinha tradicional maltesa destacam-se as sopas (minestrone, sopa de peixe), as massas e bolos e, em especial, os pratos estufados, como o prato nacional denominado Stuffat Tal-Fenek (estufado de coelho).

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...