sábado, fevereiro 11, 2006

Tunísia - Um país de enormes contrastes

Com a vitória do Sr.Silva nas eleições, nada melhor que tirar uns dias de férias a ver se esquecia esse pesadelo. Após os avanços e recúos habituais, acabamos por optar pela Tunísia e por fazer um circuito de 8 dias a correr todo o país. Aterramos em Tunis, e descemos todo o país pelo interior, junto a fronteira com a Argélia, até ao deserto do Sahara.Depois, voltamos a subir até Tunis, mas agora pelo litoral tunisino e dando um saltinho a bonita ilha de Djerba.
A opção por este circuito revelou-se tremendamente acertada, pois permitiu-nos ter uma ideia clara de todo o país,no qual encontramos abismais diferenças no modo de vida, e permitiu-nos um contacto mais próximo com populações perdidas em zonas normalmente de dfícil acesso.Ainda assim, este circuito teve o inconveniente de ser muito cansativo, pois em terras tunisinas fizemos mais de 2500 quilómetros de autocarro, e todos os dias tinhamos que sair dos hoteis por volta das 6 horas da manhã, pelo que quando cheguei a Lisboa tive que tirar outras férias para descansar.
Em baixo, deixo algumas das fotos que tiramos, e deixo também aqui alguns locais que não devem perder se visitarem a Tunísia: Cartago, Dougga, Kaiouran, Nefta (a cidade que mais gostei), Douz, Matmata, a bonita ilha de Djerba, Tozeur e El Djem. Os locais que menos gostei, e curiosamente, ou talvez não , foram os ditos locais turísticos como Tunis, Sousse e Hammamet.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...