domingo, junho 05, 2005

Quem disse que a Muralha da China se vê da lua?

A construção da muralha da China teve inicio por volta de 220 a.C. por ordem do primeiro imperador da China, Qin Shin Huang. No entanto, esta obra única não foi erguida de uma só vez, foram unidas secções de fortificações anteriormente construídas, por forma a constituírem um sistema de defesa unificado contra eventuais invasões provenientes do norte. A construção prosseguiu até à dinastia Ming (1368-1644), quando a Grande Muralha se tornou a maior estrutura militar do mundo.
A obra estendeu-se durante 200 anos. Além dos tijolos, muitos dos quais pesavam cerca de 12 Kg, a fortificação foi ornamentada com pedras que exigem oito pessoas para as carregar. A sua construção é um feito de engenharia – a muralha estende-se em trechos íngremes de até 70 graus de inclinação, com largura variando de 4,5 a 9 metros. A altura média dos paredões é de 7,5 metros, e a sua extensão é de 7,300 km.
A Grande Muralha da China era um mecanismo de autodefesa antigo, e é formada de muros, passagens, fortalezas e torres. Esta obra de grande desafio humano passa por cadeias de montanhas, atravessa desertos, passa por desfiladeiros estrategicamente importantes e de dificil acesso. A muralha foi contruída aproveitando as características geográficas das montanhas.
Na época antiga, os guardas protegiram a Grande Muralha, morando dentro das fortalezas e das torres, de onde observavam os vales. Quando um guarda de qualquer fortaleza ou torre vislumbrasse inimigos a aproximar-se, acendia fogueiras para informar as torres vizinhas. Ao ver as fumaças, as torres vizinhas acendiam tembém fogueiras para passar a informação mais adiante. A quantidade de fogueira variava dependendo da quantidade de inimigos - cada fogueira significava 500 inimigos. Assim, um sinal de advertência passava combinado com a quantidade de inimigos ao longo da Grande Muralha e todos os soldados podiam se preparar para se defenderem.
A Grande Muralha, para os chineses, sempre foi motivo de orgulho. É um símbolo do espírito nacional da China, a Grande Muralha é o cristal de inteligência e de saber do povo da China antiga. Considerada uma das sete maravilhas do mundo, despertou a curiosidade, o interesse e a admiração de todo o planeta. Com um design arquitetônico muito específico e uma rica base cultural e histórica, a Grande Muralha atrai milhares de turistas e se encontra listado, desde 1987, como patrimônio cultural da humanidade.
No entanto, quem disse que a Muralha se vê da lua, mentiu! O astronauta chinês Yang Liwei, e como foi confirmado pela NASA, a Muralha NÃO se vê da lua. E pior, nem se quer se vê a partir da Estação Espacial Internacional porque o material que deu vida à Muralha é quase da mesma cor e textura que a área onde está situada. Só é possível detectar esta grandiosa obra através de fotografias por radar!

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...